Estética íntima feminina: sim ou não? - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Estética íntima feminina: sim ou não?

Por: Elite FM
Publicado em 15/01/2018

Ginecologista destaca benefícios desta tendência para a saúde física e psicológica das mulheres. A estética para região íntima ainda é uma questão polêmica perante a sociedade, mas o que devemos saber é que essa pode impactar negativamente a saúde física e psicológica da mulher. O conceito de beleza é relativo, porém é importante destacar que muitas mulheres podem se incomodar com as características da região íntima, causando constrangimentos e até mesmo comparações com outras mulheres. Devido esta realidade, muitas mulheres apresentam problemas de autoestima que refletem no desempenho sexual, fazendo com que busquem cada vez mais por tratamentos estéticos para que se sintam melhor com a aparência e saúde sexual. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a saúde sexual pode influenciar diretamente na qualidade de vida das pessoas."Acredito que não devemos impor um padrão de beleza. A primeira coisa a levar em consideração é se aquilo incomoda ou não a mulher. Temos que ter noção que, como qualquer parte do corpo, somos diferentes uns dos outros. Assim, se a queixa da mulher for relevante ou ainda se tiver um aspecto funcional, a estética íntima é válida" afirma Dr. Patrick Bellelis, conceituado ginecologista. A vagina pode sofrer alterações com o passar do tempo e tende a ficar mais flácida, perdendo volume, além disso, existem fatores externos que também causam modificações, como a obesidade, tabagismo, alcoolismo, maus hábitos alimentares, alterações hormonais, uso de medicações específicas, vestimentas inadequadas e até mesmo a gestação. Alterações genéticas também podem ser motivo de incômodo para as mulheres."O ginecologista conhece não só a estética, mas também como o órgão funciona, por isso é o profissional mais indicado para a realização destes tratamentos, que variam de mulher para mulher, mas que procuram o seu bem-estar.


Fonte: Assessoria de Comunicação: Agência Fórmula Ideal