Governo é criticado por ‘abrir janela para ferrugem da soja’ - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Governo é criticado por ‘abrir janela para ferrugem da soja’

Por: Elite FM
Publicado em 04/01/2018

Fabricantes de defensivos dizem que, do ponto de vista fitossanitário, extensão do prazo para plantio de soja no Paraná, até 14 de janeiro, aumenta o risco de resistência da ferrugem aos fungicidas. A decisão do governo paranaense de autorizar a semeadura de soja até 14 de janeiro, duas semanas além do limite do calendário oficial, foi tomada sem ouvir pesquisadores especializados e poderá favorecer a resistência das doenças num período em que as condições climáticas não colaboram para o desenvolvimento das plantas. A crítica está em nota assinada pela Associação Nacional de Defesa Vegetal (ANDEF), pelo Comitê de Ação à Resistência de Fungicidas (FRAC-BR) e pelo Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (SINDIVEG). No dia 20 de dezembro, a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) emitiu a Portaria 345, que autorizou, em caráter excepcional para a safra 2017/2018, a semeadura da soja até a data de 14 de janeiro de 2018, em todo o Paraná, para cultivos em sucessão às culturas de milho ou feijão. Para o diretor presidente da Adapar, Inácio Kroetz, a extensão do prazo não traria riscos, por estar dentro de uma margem de segurança adequada.


Fonte: Gazeta do Povo