“Sonho que um dia o Rio Grande do Sul seja como o Paraná” - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

“Sonho que um dia o Rio Grande do Sul seja como o Paraná”

Por: Elite FM
Publicado em 25/12/2017

Com apenas 12% de área de plantio de milho na safra de verão, técnico da Emater indica que estado gaúcho está rumo a uma monocultura de soja. Terceiro maior produtor de carne suína e de aves do Brasil, o Rio Grande do Sul tem um problema: baixa produção de milho, principal insumo de ração animal, que precisa ser importado de outros estados. E não vai ser na Safra 2017-18 que este problema será solucionado: apenas 12% da área de produção de grãos será de milho. O produtor gaúcho vê apenas a questão financeira”, argumenta Alencar Paulo Rugeri, assistente técnico em Culturas da Emater Rio Grande do Sul. Enquanto a área de cultivo de soja, praticamente concluída no estado, deve superar os 5,5 milhões de alqueires, a de milho deve ficar em 731 mil hectares, estima a Emater. Rugeri reconhece que a remuneração da soja é superior e mais interessante ao produtor, mas destaca que o milho, mesmo com preços baixos, poderia gerar insumos para as produções da pecuária. Neste sentido, ele destaca que o Rio Grande do Sul deveria seguir o exemplo de outro estado do Sul, o Paraná, onde há duas safras a cada ano. Se somadas as duas safras, a produção de milho do Paraná é próxima de 15 milhões de toneladas,  contra aproximadamente 5 milhões do Rio Grande do Sul.


Fonte: Gazeta do Povo