Novo sistema de fiscalização acabará com as freadas apenas no radar; entenda - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Novo sistema de fiscalização acabará com as freadas apenas no radar; entenda

Por: Elite FM
Publicado em 26/11/2017

Sistema de velocidade média já implementado em São Paulo deve ser estendido para o todo Brasil em breve. Frear ao se aproximar de um radar eletrônico e depois acelerar é uma atitude comum entre os motoristas brasileiros. Muitos só respeitam as placas de sinalização de velocidade quando se deparam com a fiscalização fixa, principalmente se a via for expressa, o que possibilita rodar acima do permitido. Em breve, frear apenas diante do radar não será suficiente. O condutor precisará manter a velocidade média exigida ou transitar abaixo dela para não ser multado. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) já pediu autorização ao Ministério das Cidades para alterar o Código Brasileiro de Trânsito e normatizar a medição chamada de ‘velocidade média’. O sistema já está em funcionamento desde o início do mês em quatro grandes ruas de São Paulo em caráter de notificação, e não punitivo, até que o órgão federal baixe a resolução que regulamentará a fiscalização em todo o país. Mas continuam a flagrar e multar os veículos que passam acima da velocidade permitida. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (CET), a novidade vai gerar 53 mil notificações por semana e 9 mil por dia nas ruas paulistanas. O controle funciona da seguinte maneira: o radar faz a leitura das placas de todos os veículos que passam por determinado ponto da rua ou rodovia. Alguns quilômetros adiante outro radar realiza a mesma checagem. Os dois momentos captados são enviados a um computador que efetua o cálculo do tempo que o automóvel levou para percorrer o trecho em questão. Por exemplo numa via com máxima de 60 km/h e intervalo de 2 km entre os dois radares, o tempo mínimo para o carro cumprir o trecho deverá ser de 2,19 minutos - já considerando os 7 km/h a mais de tolerância no velocímetro. Se o veículo passar pelo segundo aparelho num tempo menor do que isso, será autuado.


Fonte: Gazeta do Povo