Professores brasileiros têm salário adequado e benefícios acima da média, diz Banco Mundial - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Professores brasileiros têm salário adequado e benefícios acima da média, diz Banco Mundial

Por: Elite FM
Publicado em 25/11/2017

Docentes têm evolução salarial e previdência melhores do que a maioria dos países; segundo estudo, chave para melhoria é incentivo por desempenho, ou seja meritocracia. As queixas sobre a falta da qualidade da educação no Brasil costumam incluir uma premissa inquestionável: a de que os professores de escolas públicas são mal pagos e que essa é uma das principais razões para os maus resultados do ensino. Mas um novo estudo do Banco Mundial sustenta que essa premissa está errada. O relatório, divulgado  aponta outras causas para a péssima relação entre o gasto público e os resultados das escolas: o desperdício, a ineficiência e a falta de incentivos para os docentes. Eis o que diz o documento sobre os salários dos professores: O piso salarial dos professores brasileiros está em linha com o que é pago em outros países com renda per capita similar. No entanto, os salários dos professores no Brasil aumentam rapidamente após o início da carreira. Devido às promoções automáticas baseadas nos anos de serviço e da participação em programas de formação, em 15 anos de carreira os salários se tornam duas a três vezes superiores ao salário inicial, em termos reais. Essa evolução supera significativamente a maioria dos países no mundo. De acordo com o relatório, seria possível aumentar a qualidade do ensino fundamental em 40% e a do ensino médio em 18% sem aumentar as despesas com educação. Bastaria aumentar a eficiência na aplicação dos recursos e acabar com o desperdício. Roberto Ellery, professor de Economia da Universidade de Brasília, concorda com as linhas gerais do estudo: “Existe um problema de gestão gigantesco. Já Gilmar Bornatto, professor da PUCPR questiona a metodologia usada pelo estudo do Banco Mundial e diz que a condição salarial no Brasil é, sim, um fato importante para a melhoria do magistério.“Os talentos acabam fugindo do magistério e a qualidade acaba caindo”, afirma. O que acaba vindo para o magistério vem de uma escola deficitária. Outro grave problema do Brasil é que qualquer um pode ser professor enquanto em outros países o professor é altamente qualificado.


Fonte: Gazeta do Povo