O que massacres em escolas têm em comum? - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O que massacres em escolas têm em comum?

Por: Elite FM
Publicado em 19/11/2017

Casos do tipo, que parecem estar se tornando mais comuns, podem ter ligação com a busca pela fama. No Brasil, em meados de outubro, dois alunos acabaram mortos em um colégio de Goiânia. Em quase todos os casos, o perfil dos atiradores é de garotos adolescentes: desde 1974, em mais de 100 massacres ocorridos no mundo, apenas 4 foram feitos por mulheres. Uma explicação desses casos pode estar ligada ao perfil dos jovens e à publicidade dos casos. “Pesquisas mostram que se tornar famoso é um dos objetivos mais importantes para essa geração”, diz Adam Lankford, professor de justiça criminal na Universidade do Alabama. “Não há dúvida de que existe uma associação entre a cobertura da mídia recebida por esses atiradores e a probabilidade de eles agirem”, diz ele.De acordo com relato do delegado Luis Gonzaga Júnior, que investiga o caso, o tiroteio ocorrido em Goiânia foi inspirado pelo caso de Columbine e pelo Massacre do Realengo, em 2011. “Segundo informação do próprio adolescente, ele se inspirou em duas tragédias. E dessa inspiração fez nascer a ideia de matar alguém”, disse Gonzaga. 


Fonte: Gazeta do Povo