Situações embaraçosas a que políticos se submeteram para ganhar o eleitor beiram o ridículo - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Situações embaraçosas a que políticos se submeteram para ganhar o eleitor beiram o ridículo

Por: Elite FM
Publicado em 26/10/2017

Na corrida por votos, candidatos comem pratos de origem duvidosa, montam a cavalo, apresentam o cãozinho de estimação, levam beijo na boca e até ‘golpes com bolinha de papel’. em conquistar eleitores das mais diversas classes sociais, políticos em campanha se expõem a situações por vezes embaraçosas para ganhar votos, que acabam ficando registradas muitos anos depois das eleições. Percorrem longos trajetos em corpo a corpo com eleitores, comem além das três refeições diárias, param para foto com criança no colo e são obrigados a vestir camisetas e bonés de causas que não conhecem. E também posam para fotos com animais, como fez  o presidente Michel Temer, com seu cachorro Thor. Temer garante que sua preocupação agora é ser presidente até 31 de dezembro de 2018 e nega ter neste momento intenção de se candidatar. Esse tipo de comportamento eleitoral quase sempre beira o ridículo. Em seu livro “A Arte da Política – A História que Vivi”, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso reconta o episódio em que montou em um “jegue” e nega que tenha tentado, em momentos como esse, falsamente assumir uma realidade que não a sua.


Fonte: Gazeta do Povo