Prêmio homenageia JK paranaense, que reinventou a forma de produzir alimentos - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Prêmio homenageia JK paranaense, que reinventou a forma de produzir alimentos

Por: Elite FM
Publicado em 14/08/2017

O cientista João Kluthcouski, de Apucarana, foi premiado por descobrir um jeito de dobrar o tamanho das terras agrícolas brasileiras sem derrubar uma árvore sequer. Pelo contrário, a solução prevê o plantio de mais árvores e a cobertura do solo o ano todo. O engenheiro agrônomo João Kluthcouski, conhecido como João K. (para evitar dificuldades com o sobrenome ucraniano), é o principal idealizador do sistema de integração lavoura-pecuária, uma revolução “Made in Brazil” que hoje ocupa 12 milhões de hectares e recolocou no mapa da produção terras degradadas por pastagens, antes dadas como perdidas para a agricultura. Basicamente, a ideia da integração é não deixar o solo descoberto, semeando junto grãos e o capim para o gado (braquiária). Depois de colher o milho ou a soja, o capim que já está na terra vira pasto nutritivo para os bois, não sem antes arejar o solo e aumentar o nível de matéria orgânica. A pesquisa de João K. demonstrou que a emissão de gases de efeito estufa pela criação de gado, no sistema integrado, cai quase pela metade. A cobertura verde nos 365 dias do ano absorve carbono, em vez de emitir. João K. nasceu em Apucarana, no Norte do Paraná, cursou agronomia no Rio Grande do Sul e fez dos solos de todo o Brasil seu objeto de estudo. 


Fonte: Gazeta do Povo