A Hungria pode sugerir melhorias para a educação infantil brasileira - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

A Hungria pode sugerir melhorias para a educação infantil brasileira

Por: Elite FM
Publicado em 09/08/2017

Com educação pública obrigatória dos 5 aos 19 anos, as crianças húngaras têm acesso ao ensino formal desde a primeira infância. No país, a fase inicial é dividida entre creches, que atendem de recém-nascidos a crianças de 3 anos, e escolas de educação infantil, para crianças de até 7 anos. A educação pública começa na segunda fase, com as escolas de educação infantil. O governo húngaro dispõe de pré-escolas públicas e gratuitas para crianças a partir de três anos, com o ensino obrigatório a partir dos cinco anos de idade – essa faixa etária corresponde a pelo menos 90% dos alunos matriculados em pré-escolas. Nessa fase, as crianças desenvolvem habilidades iniciais para prepará-las para o ensino primário. Um dos diferenciais do ensino húngaro está na avaliação das crianças ao final da fase pré-escolar: tradicionalmente, as crianças completam essa fase aos seis anos, mas a aprovação não á garantida. Ao final do ciclo, são analisados o desenvolvimento e o a maturidade do aluno; caso a criança não esteja preparada para o ensino primário, ela permanece na pré-escola por mais um ano. (GP) Na Hungria a educação é obrigatória dos 5 aos 19 anos.


Fonte: Gazeta do Povo