Aumentar salários de professores não é solução mágica para a educação - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Aumentar salários de professores não é solução mágica para a educação

Por: Elite FM
Publicado em 04/07/2017

Escolas particulares pagam 22% menos do que as públicas, mas apresentam resultados melhores nos índices de qualidade. Uma pesquisa inédita cujos resultados foram divulgados na última semana põe em questão um dos maiores mitos apregoados por sindicatos de professores Brasil  afora: o de que os baixos salários dos docentes são a principal razão do mau ensino no país. O estudo do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) cruzou dados de mais de 2 milhões de professores com base no ano de 2014. Ao contrário do que o senso comum pode sugerir, os docentes com os piores salários estão na rede privada: R$ 2.599 em média. Naquele ano, a média na rede federal foi a mais alta, de R$ 7.767. Nas escolas estaduais, o valor foi de R$ 3.476 e, nas municipais, R$ 3.116. Os dados da pesquisa mostram um panorama a ser melhorado. Apenas um em cada 100 professores brasileiros recebe acima de R$3.500, de acordo com o levantamento. Ainda assim, a situação não é de miséria. A média no setor público, em torno de R$ 3.335, 22% acima das particulares, é quase três vezes o valor médio pago a um soldado da Polícia Militar no Brasil. Os professores merecem uma remuneração digna. Mas não se pode dizer que os baixos salários são a causa do mau desempenho das escolas.


Fonte: Gazeta do Povo