Estatismo brasileiro é a grande causa da corrupção no Brasil - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Estatismo brasileiro é a grande causa da corrupção no Brasil

Por: Elite FM
Publicado em 01/07/2017

Empresas estatais formam parcerias público-privadas para propinas, favorecimentos, corrupção,  toma-lá-dá-cá, caixa 2 e eleição de  incompetentes. O estatismo, doença que leva o Estado a fazer mais do que tem condições na economia e menos na área social, além de cobrir as estatais de proteção contra a concorrência e garantir sua existência mesmo sob crônica ineficiência e corrupção. Aí estão os exemplos das estatais de petróleo, gás, energia, infraestrutura e transportes que, protegidas por monopólios ou reservas, castigam o consumidor e o contribuinte. O protecionismo,  leva o governo a distribuir farta proteção contra a competição e contra a entrada do produto estrangeiro, tolhendo o direito de escolha do consumidor, que tem de pagar mais caro por produtos de pior qualidade. A sobrevivência dos “ismos” é doença crônica no Brasil, mantida incurável sob pressão dos grupos de interesse e de políticos que dela se beneficiam. Alguns, por falta de conhecimento ou má fé, até acreditam que esses “ismos” sejam úteis para promoção do progresso, mesmo que os fatos os contrariem. Um pouco de estudo e algumas viagens pelos países desenvolvidos serviria para revelar que o nacionalismo, o populismo, o estatismo e o protecionismo são práticas nocivas e prejudiciais ao crescimento econômico e ao desenvolvimento social. 


Fonte: José Pio Martins- economista e reitor da Universidade Positivo.