Coreia do Sul deu salto ao priorizar ensino básico – ao contrário do Brasil - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Coreia do Sul deu salto ao priorizar ensino básico – ao contrário do Brasil

Por: Elite FM
Publicado em 25/06/2017

Enquanto o Brasil gasta muito com ensino superior, modelo sul-coreano obteve bons resultados ao focar nos alunos mais novos. Até 35 anos atrás, os sul-coreanos eram mais pobres do que os brasileiros. O PIB  per capita do país asiático era inferior ao do Brasil. Hoje, não há comparação possível e os números da Coreia do Sul são três vezes mais altos: em torno de 27.200 dólares contra 8.600 dólares do Brasil, segundo o Banco Mundial. O salto pode ser em grande parte explicado por uma revolução educacional iniciada décadas antes. E a principal razão é clara: diferentemente do governo brasileiro, a prioridade no país asiático são investimentos em educação básica.Na Coréia do Sul, por exemplo, os valores gastos com o ensino básico são quase três vezes maiores do que no Brasil: US$ 9,3 mil por aluno ao ano no país asiático contra US$ 3.822 no Brasil, de acordo com dados de 2013 da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Na Coreia do Sul, para cada dólar investido no ensino básico, 1,50 é aplicado no ensino superior, naturalmente mais caro. Já no Brasil, o desequilíbrio é muito maior: quatro dólares gastos no ensino superior para cada dólar gasto no ensino básico. 


Fonte: Gazeta do Povo