Presidentes do Legislativo e do STF torram R$ 640 mil em voos de jatinho para casa - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Presidentes do Legislativo e do STF torram R$ 640 mil em voos de jatinho para casa

Por: Elite FM
Publicado em 06/04/2021
img
Novos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara, Arthur Lira, mantiveram a mordomia de viajar para casa em jatinhos da FAB-Foto: Alan Santos/PR

Sai presidente, entra presidente, e as mordomias continuam as mesmas. Os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), gastaram juntos R$ 386 mil nos dois primeiros meses de mandato com voos para casa em jatinhos da FAB. Somando com as despesas do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, com deslocamentos para a sua residência neste ano, a gastança chega a R$ 642 mil (e nós trouxas pagamos essas vergonhosas mordomias tidas como legais, (mas totalmente imorais). Além dos custos com as aeronaves da Aeronáutica, há também as despesas com diárias e passagens de seguranças que acompanham os presidentes. No caso do presidente do Senado, as seis viagens para Belo Horizonte, com 12 voos, custaram R$ 37 mil em diárias e R$ 6,7 mil com passagens aéreas para policiais legislativos. Alguns dos seguranças viajam em voo comercial. O custo total ficou em R$ 180 mil. Pacheco costuma viajar na sexta para Minas e retornar no domingo para Brasília. O presidente da Câmara fez quatro viagens para Maceió desde a sua posse. Os deslocamentos dos seus seguranças custaram R$ 9 mil em diárias e R$ 20 mil em passagens aéreas. No feriado de Carnaval, por exemplo, Lira viajou para Maceió às 8h da manhã de sábado (13) e retornou na quarta-feira de cinzas (17). Dois policiais legislativos foram no dia 12 e retornaram dia 18. Cada um recebeu 5,5 diárias no valor total de R$ 2 mil. A passagem de cada um custou R$ 4 mil. Com as despesas dos jatinhos, a conta de Lira fechou em R$ 207 mil. “Mais uma prova de que partidos e políticos continuam sendo cada vez mais as classes mais desacreditadas do país”.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm