Taxa de ocupação de leitos não é termômetro para atual momento da pandemia - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Taxa de ocupação de leitos não é termômetro para atual momento da pandemia

Por: Elite FM
Publicado em 12/03/2021

Até o dia 9, a taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), exclusivos covid-19, espalhados por toda macrorregião Oeste operaram com 95% de sua capacidade. Conforme o portal da transparência da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa),estavam livres 14 leitos, distribuídos pela região. Mesmo com esses leitos sobrando, 145 pessoas da macrorregião esperaram pela internação em um leito exclusivo covid-19. O que chama atenção, tendo em vista que havia vagas disponíveis.o chefe da 7ª Regional de Saúde, Anderson Nesello, explicou que o índice de leitos disponíveis e de pessoas na espera pela internação, sofre alterações a todo instante. Segundo ele, “o que aparece em tela não é a realidade. Vagou um leito, já se transfere [outro paciente].” O chefe da regional disse ainda que, antes do portal da transparência atualizar a informação, o leito já foi ocupado e, em alguns casos, desocupado e ocupado novamente, o que “acaba não sendo realista para aquele segundo porque muda segundo após segundo. ”Outra questão apontada por Nesello com relação aos internamentos, diz respeito à condição de saúde do paciente. Como ele explica, muitas vezes o contaminado é de uma cidade longe de onde há um leito vago e com isso, a transferência só se torna possível se a pessoa tiver  possibilidade de locomoção. Na ocupação dos leitos também é levado em conta quem precisa mais, ou seja, está com a doença mais avançada.


Fonte: Diário do Sudoeste