A recessão criada por Lula e Dilma foi pior para a economia do que a pandemia - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

A recessão criada por Lula e Dilma foi pior para a economia do que a pandemia

Por: Elite FM
Publicado em 04/03/2021
img
Lula e Dilma Rousseff: piores que a pandemia- “Contra fatos não há argumentos”-Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas

Esqueça os anos 80: a década de 2010 foi a verdadeira década perdida. Graças ao biênio desastroso de 2015 e 2016, em que o Produto Interno Bruto (PIB) caiu 7,56%, o período entre 2010 e 2019 foi marcado por um crescimento médio de apenas 1,3%, contra 3,8% da média global. A crise deixou marcas profundas, das quais o país mal estava se recuperando quando começou a pandemia. Aliás, entre 2020 e 2021, o PIB deverá cair 1%, entre os 4,5% de queda de 2020 e a perspectiva de crescimento de 3,5% em 2021. Em outras palavras, o período entre 2015 e 2016, os últimos anos do governo de Dilma Rousseff (PT), foi pior para a economia do país do que a pandemia. Em 2015, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro caiu 3,55% — o terceiro pior indicador das últimas décadas. Em 2016, despencou outros 3,31%. Na década passada o PIB brasileiro experimentou um crescimento menor do que para 160 dos 196 países avaliados. O Brasil passou por uma profunda recessão entre 2015 e 2016, o período com o pior biênio de crescimento econômico dos últimos 120 anos. O economista, consultor e professor universitário Túlio Marques Júnior responde: “Antes da crise, o Brasil era um paciente de câncer que dava sinais de melhora à base de morfina”. O governo do PT criou bolhas de consumo crédito fácil para compra de caminhões (mais de 300 mil),facilidades para a indústria automobilista, empréstimos para a JBS e muito endividamento, sendo que uma lei máxima da economia determina que toda dívida uma hora reaparece, com juros e correção e além disso  a maior chaga da história do Brasil com a instituição da corrupção no governo PT, que detonou a maior empresa nacional, a Petrobras. 


Fonte: Tiago Cordeiro-Gazeta do Povo