Sem Rodrigo Maia para atrapalhar, Câmara volta a mostrar serviço - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Sem Rodrigo Maia para atrapalhar, Câmara volta a mostrar serviço

Por: Elite FM
Publicado em 14/02/2021
img
Ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) deixou o posto totalmente abandonado. Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

A equipe econômica e o Congresso discutem a melhor proposta para manter o auxílio emergencial ativo. A informação ainda é extraoficial, mas o que se propõe nesse momento é um benefício válido por três meses no valor de R$ 200 a R$ 250, além de um reforço de R$ 50 no Bolsa Família também por 90 dias. Isso causaria um impacto de cerca de R$ 20 bilhões nas contas públicas e aumentaria a dívida pública brasileira só um pouquinho, coisa de décimos de percentual. E seria possível não furar o teto de gastos incluindo essa proposta na PEC do Pacto Federativo, estabelecendo condições de limites, de emergência. A proposta está caminhando. Outra coisa que começa a caminhar é o Orçamento. Estamos no 42º dia do ano e ainda não temos Orçamento para 2021, um absurdo. O governo só pôde usar em janeiro um doze avos relativos ao Orçamento do ano passado. E tem muita gente no governo preocupada com a folha de pagamento dos servidores. O Orçamento ficou parado em 2020 por causa de birra do então presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Na quarta-feira (10), a deputada Flávia Arruda, representante do Distrito Federal, foi eleita presidente da Comissão Mista do Orçamento e o colegiado foi instalado. Mas por que não se instalou no ano passado? Porque Maia tinha outro candidato à presidência da CMO, o deputado Elmar Nascimento, do DEM da Bahia. Como isso quebrava um acordo com outros partidos, a comissão não foi instalada. É incrível.Todavia sobrou para Rodrigo Maia,o ostracismo.


Fonte: Alexandre Garcia-Gazeta do Povo