Defasagem na tabela de IR: a injustiça tributária no Brasil - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Defasagem na tabela de IR: a injustiça tributária no Brasil

Por: Elite FM
Publicado em 09/02/2021

Recentemente, o Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal, o Sindifisco, divulgou um estudo que revela que a defasagem acumulada na tabela de Imposto de Renda é de 113,09% nos últimos 24 anos. Na prática, isso quer dizer queda no poder de compra e aumento na injustiça tributária no país. Em termos mais claros é dinheiro que o governo confisca dos contribuintes por não corrigir a tabela do IR que chega a 113,%. Em 1996, a isenção no imposto contemplava trabalhadores que recebiam até nove salários mínimos mensais. Em 2021, a proporção é de apenas 1,73. Ou seja, quem recebe acima de R$ 1.903,98. Se a tabela tivesse sido corrigida de acordo com a inflação, o imposto deveria ser pago apenas por quem recebe mais de R$ 4.022,89. Uma diferença gigantesca que aumenta ainda mais a desigualdade social por aqui. O vexame é o governo considerar que R$ 2.500 é renda para ser tributada pelo IR, quando milhares  que atuam em serviço público recebem o salário, e não é pequeno, e as benesses embutidas  são isentas do IR. Para piorar a situação dos mais pobres, boa parte dos que receberam o auxílio emergencial poderão ter que pagar imposto de renda sobre o benefício. E o que fazem os mais de 600 fiscais do povo no Congresso ? 


Fonte: (marilia@informamidia.com.br)