Os privilégios de funcionários de estatais – e o que o governo pretende fazer - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Os privilégios de funcionários de estatais – e o que o governo pretende fazer

Por: Elite FM
Publicado em 08/02/2021
img
Petrobras paga adicional de 100% sobre o salário para o funcionário que saiu de férias. Sede da empresa-Foto: Bigstock/Gazeta do Povo

O governo divulgou um relatório com informações detalhadas sobre as políticas de gestão de pessoas concedidas pelas 46 estatais de controle direto da União aos seus trabalhadores. Além de mostrar casos em que os salários chegam a R$ 106 mil por mês, o relatório jogou luz a diversos privilégios dos funcionários de estatais que não costumam existir na iniciativa privada.Há estatais que oferecem estabilidade aos funcionários ou que possuem regras que restringem desligamentos. Também há estatal que dispensa automaticamente o trabalhador de cumprir aviso prévio. A Eletrobras, por exemplo, prevê uma gratificação de 75% do salário quando o trabalhador sai de férias e a Petrobras, de 100%. E estatais que oferecem promoção na carreira de um nível salarial para efeito de recebimento de complementação de aposentadoria. O secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord, afirmou  que o governo tem a intenção de reduzir os privilégios de funcionários de estatais. Ele explicou que a intenção do governo ao divulgar o relatório foi dar luz a muitas benevolências, que estavam "escondidas" da população brasileira. O governo colocou no comando das estatais profissionais qualificados e focados na eficiência, e que eles já estão negociando a redução desses privilégios. Realmente, funcionários de estatais com salário de R$ 106 mil é uma afronta ao contribuinte, uma indecência absurda numa democracia quando se sabe que o poder deve emanar do povo e esse povo detesta esses absurdos com o dinheiro público.


Fonte: Gazeta do Povo