Projetos preveem prisão de até seis anos para quem furar fila da vacina - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Projetos preveem prisão de até seis anos para quem furar fila da vacina

Por: Elite FM
Publicado em 28/01/2021
img
Crescem os relatos de pessoas que furam a fila da vacinação contra a Covid-19, mesmo estando fora dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde-Foto: Rodrigo Nunes/MS

Com o início da vacinação contra a Covid-19 no Brasil e a quantidade ainda reduzida de doses do imunizante, crescem os relatos de pessoas que furam a fila da vacinação, mesmo estando fora dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. Enquanto as denúncias são acompanhadas pelos Ministérios Públicos nos Estados, parlamentares buscam apoio a projetos de lei que determinam a prisão de quem passar na frente para tomar a vacina contra o novo coronavírus por crime de 'fraude à ordem de preferência de imunização contra o coronavírus'. A pena em caso de descumprimento é de dois a seis anos de prisão e ainda pode ser endurecida caso o crime seja cometido por funcionários públicos no exercício do cargo. O texto também prevê o pagamento de multa. A ideia é que a lei vigore até junho de 2022 ou até o final das campanhas de imunização. Na mesma linha, o senador Plínio Valério sugere tipificar como crime a 'burla à ordem de vacinação',com penas mais brandas, multa e prisão de 3 meses a um ano e meio.


Fonte: Gazeta do Povo