O Brasil investiu bilhões em “arenas ilusórias” e relegou planos básicos para a saúde pública - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O Brasil investiu bilhões em “arenas ilusórias” e relegou planos básicos para a saúde pública

Por: Elite FM
Publicado em 26/01/2021

Até imunizantes básicos faltam no país e os laboratórios públicos realizam apenas as etapas finais de formulação, envase, rotulação e empacotamento. Na Fiocruz, por exemplo, a produção do IFA ocorre, no Brasil, para as vacinas tríplice viral (sarampo/caxumba /rubéola), da febre amarela e Hib. No caso da poliomielite, o país não tem autorização da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a manipulação do vírus. As demais vacinas produzidas pela Fiocruz estão em processo de transferência de tecnologia. No fim do ano passado, o governo federal anunciou a construção de uma nova fábrica de vacinas na Fiocruz, com investimentos de R$ 3,4 bilhões. A capacidade de produção da nova fábrica será de 120 milhões de frascos de vacinas e biofármacos por ano. Mas o histórico de falta de investimentos deve exigir aportes ainda maiores, inclusive nos outros laboratórios. A vacina do novo coronavírus produzida no Instituto Butantan, em São Paulo, por exemplo, não teve apoio – nem mesmo financeiro – do governo federal.


Fonte: Gazeta do Povo