Pandemia, aulas suspensas e troca de ministros: a educação em 2020 e os desafios de 2021 - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Pandemia, aulas suspensas e troca de ministros: a educação em 2020 e os desafios de 2021

Por: Elite FM
Publicado em 27/12/2020
img
Os ex-ministros da Educação Abraham Weintraub e Carlos Alberto Decotelli, e o atual titular da pasta, Milton Ribeiro| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Uma das áreas mais afetadas pela pandemia do novo coronavírus depois da Saúde, certamente, foi a Educação. Troca de ministros, escolas fechadas, atividades paralisadas e debates acerca de recursos importantes são apenas algumas das situações que pautaram o ano de 2020.Como previsto, a pandemia gerou estagnação de algumas políticas e engessamento das ações do MEC, uma vez que o próprio STF havia dado poder para que estados e municípios gerissem a crise. Projetos, como o Future-se, que tramita no Congresso desde 2019, desapareceram das discussões. E a regulamentação do homeschooling - visto como potencial modelo na pandemia, em função da necessidade de isolamento social - também acabou ficando fora de pauta. Por pressão de universidades e representantes da educação, a pasta também voltou atrás de decisão que estabelecia que as instituições de ensino superior do país retornassem às aulas presenciais a partir de janeiro. Houve recusa por parte de muitos grupos e o MEC acabou cedendo. A mais recente decisão nesse sentido estabelece o retorno para março de 2021 e permite ensino remoto em caráter "excepcional". A prova impressa do Enem será realizada em 17 e 24 de janeiro e, em formato digital, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.