Após fracasso de articulação, governo já admite aprovação de “bomba fiscal” na Câmara - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Após fracasso de articulação, governo já admite aprovação de “bomba fiscal” na Câmara

Por: Elite FM
Publicado em 24/12/2020
img
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia em fim de mandato e produção inexpressiva -Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidiu pautar a proposta de emenda à Constituição (PEC) 391, de 2017, para votação na última sessão antes do recesso parlamentar. O texto aumenta o repasse de recursos da União para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e é considerado uma "bomba fiscal" pela equipe econômica. Diante do cenário, o próprio líder Ricardo Barros, admitiu, em conversa com o jornal "Valor Econômico", que dificilmente a PEC será rejeitada se for à votação, já que tem amplo apoio entre os parlamentares. O secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, demonstrou preocupação com a possível aprovação da medida. "[A PEC] vai na contramão do que precisa ser feito agora. A gente está discutindo a necessidade de uma PEC Emergencial, para voltar a um processo de reorganização fiscal. Temos um déficit de mais de R$ 800 bilhões, a dívida vai chegar a 94% do PIB, muito acima dos nossos pares, ou seja, a gente está em uma situação fiscal complicada", destacou Funchal.


Fonte: Gazeta do Povo