Acepb entrega ao novo prefeito, Robson Cantu, dados de pesquisa do setor aéreo - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Acepb entrega ao novo prefeito, Robson Cantu, dados de pesquisa do setor aéreo

Por: Elite FM
Publicado em 10/12/2020
img
Robsom Cantu vai se reunir com o governador do Estado para apresentar a demanda por voos entre Pato Banco e Curitiba.Foto-Paloma Stedile

Desde que os primeiros passos do enfrentamento da pandemia da covid-19 foram dados em Pato Branco, em março deste ano, os voos ligando o Sudoeste a capital do Estado foram suspensos. Por diversas oportunidades a Azul Linhas Aéreas, companhia que opera a linha afirmou que “não temos previsão de retomar as operações em Pato Branco, mas o programa anunciado em 2019 em parceria com o governo do Estado segue mantido”, sempre pontuou em nota à imprensa a companhia, que na última devolutiva, no final de outubro, também pontuou que, “além das questões econômicas e a desaceleração da demanda, a companhia precisa avaliar quando será possível o retorno das operações na cidade, tendo em vista o tempo necessário para reintroduzir aeronaves em voo e também para alinhar escalas com as tripulações. Na segunda-feira (7), quando a Associação Empresarial de Pato Branco (Acepb), entregou pesquisa sobre os voos regulares ao prefeito eleito Robson Cantu, revela que participaram da pesquisa 1.104 pessoas, que apontaram o que pode ser interpretado como a ocupação de 2.071 assentos neste mês de dezembro, e de quase 3 mil assentos no acumulado dos meses de janeiro e fevereiro. Além de tomar conhecimento dos dados da pesquisa realizada pela Acepb, Cantu e representante de mais de 20 entidades locais e regionais, além da Associação Empresarial de São Lourenço do Oeste (Acislo), de Santa Catarina, assinaram oficio conjunto que será encaminhado à companhia aérea. De acordo com o prefeito eleito, ele mesmo vai a Curitiba, onde deve se reunir com o governador Ratinho Junior e o Chefe da Casa Civil, Guto Silva, quando também pretende entregar a demanda local, à diretoria da Azul Linhas Aéreas.


Fonte: Diário do Sudoeste