Com pouca adesão, crédito via maquininhas para pequenos negócios tem dinheiro de sobra - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Com pouca adesão, crédito via maquininhas para pequenos negócios tem dinheiro de sobra

Por: Elite FM
Publicado em 07/12/2020
img
Linha de crédito Peac Maquininhas não deslanchou, apesar dos juros mais em conta-Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Pouco mais de 30 mil microempreendedores (MEI) ou micro e pequenas empresas tiveram acesso ao Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (Peac) Maquininhas. Uma das modalidades de socorro ao pequeno negócio criada pelo governo federal em meio à pandemia de coronavírus, o Peac liberou menos de 10% do total de crédito disponível para uma pequena fração do público-alvo projetado, que era de 3 milhões de empresários. A linha de crédito está disponível há dois meses, desde o fim de setembro, e será encerrada no fim deste mês. Seu trunfo era o fato de a garantia vir de parte das vendas feitas via máquinas de pagamento digital. Mas, dos R$ 10 bilhões reservados para a ação, apenas R$ 898,4 milhões foram emprestados até 26 de novembro, de acordo com levantamento do BNDES. A baixa adesão à linha de crédito das maquininhas, que faz empréstimos de até R$ 50 mil, surpreende porque suas condições são bastante atraentes: carência de seis meses para início do pagamento, prazo de 30 meses para quitação e taxas de juros fixadas em 6% ao ano. O analista de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae, Giovanni Bevilaqua, lembra que no primeiro semestre essas taxas de juros para os pequenos negócios alcançaram a marca de 30% ao ano. A baixa procura se deve às poucas instituições bancárias que aderiram ao programa e liberaram crédito. 


Fonte: Gazeta do Povo