Alberto Fernández está aprofundando a recessão causada pela Covid-19 na Argentina - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Alberto Fernández está aprofundando a recessão causada pela Covid-19 na Argentina

Por: Elite FM
Publicado em 01/12/2020
img
Presidente da Argentina Alberto Fernandez falando na cúpula virtual do G20 Foto: ESTEBAN COLLAZO / Argentina's Presidency Press Office / AFP/Gazeta do Povo

Como se a crise econômica que a Argentina enfrentou antes da pandemia não fosse suficiente, o país teve que encarar a Covid-19 com uma comorbidade: ”a política radical do presidente Alberto Fernández. "Diante do dilema de preservar a economia ou a vida... nós escolhemos a vida...”, disse o presidente. Só que deu tudo errado, a Argentina, totalmente fechada, tem o sétimo maior número de infecções por Covid-19 do mundo. Outro erro do presidente argentino:” Podemos nos preocupar com a economia após a pandemia”, argumentou Fernandez. Errado. Quando a economia fecha, como Fernandez ordenou, as pessoas não trabalham. Quando as pessoas não trabalham, o desemprego e a fome aumentam e, sim, vidas são perdidas. Pior, apesar da resposta draconiana do governo, que duplicou a pandemia. Em resumo: A economia argentina está em recessão desde 2018.A Argentina demora cerca de cinco meses para abrir uma empresa e terá uma queda de 11,3% no PIB. A Argentina tem uma dívida pública próxima de 90% do PIB, com uma inflação de 36,6% no ano passado uma mais altas do mundo. O risco do calote argentino subiu para o nível mais alto. A Argentina ainda não se deu conta do problema em que se prendeu em um ciclo de crises repetidas por décadas descambando para um esquerdismo que nunca produziu nada de sustentável e o povo acredita que o governo é seu provedor, mas o buraco está mais embaixo.


Fonte: Gazeta do Povo