Fim do “efeito Tiririca”? O que mudou na eleição para vereador em 2020 - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Fim do “efeito Tiririca”? O que mudou na eleição para vereador em 2020

Por: Elite FM
Publicado em 17/11/2020

Uma das principais alterações da minirreforma eleitoral aprovada pelo Congresso Nacional em 2017 foi o fim das coligações nas disputas proporcionais. Com isso, a eleição deste ano foi a primeira na qual os candidatos a vereador concorreram exclusivamente pelo próprio partido e não como parte de uma aliança entre legendas, o que vai mudar significativamente o desenho das Câmaras Municipais em todo o país. Acabou o efeito carona dos puxadores de votos, o chamado ”efeito Tiririca”. Na eleição proporcional, as vagas são distribuídas para o partido e não para o candidato – por isso é possível votar na legenda. Na hora da votação, o eleitor escolheu o concorrente de um partido específico. Serão eleitos postulantes que obtiverem votos em número igual ou superior a 10% do quociente eleitoral. O quociente é o resultado da divisão do número de votos válidos (excluindo brancos e nulos) pela quantidade de cadeiras no Legislativo. 


Fonte: Gazeta do Povo