Mais dinheiro para segurança significa menos homicídios? Não é o que mostram os números - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Mais dinheiro para segurança significa menos homicídios? Não é o que mostram os números

Por: Elite FM
Publicado em 09/11/2020
img
Estados que investiram pesado em policiamento ainda sofrem para reduzir a taxa de homicídios-Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/Gazeta do Povo

Dados divulgados neste ano pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostram como as despesas na área evoluíram tanto quanto as taxas de homicídios no país. O documento permite analisar a relação entre investimento em segurança e criminalidade registrada em cada um dos estados, colocando em xeque a teoria de que mais investimentos é igual a menos homicídios. Os dados mostram que, em 2019, por exemplo, os estados que menos gastaram com segurança pública também foram os com menor taxas de homicídio. São Paulo foi o estado com o menor índice (8,9 assassinatos a cada 100 mil habitantes) e também o estado que menos investiu em segurança — foram R$ 259,99 por habitante do estado ao longo do ano. O mesmo ocorreu com o Distrito Federal, que ficou em quarto lugar entre os estados com a menor taxa de homicídio e na mesma posição entre os estados que menos gastaram com segurança. Por outro lado, o Amapá, segundo estado que mais investiu em segurança pública por habitante (R$ 694,60) foi o que teve a maior taxa de homicídios registrada no ano passado: 49,1 assassinatos por 100 mil habitantes. 


Fonte: Gazeta do Povo