Brasil mais dependente da China: efeito colateral da pandemia - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Brasil mais dependente da China: efeito colateral da pandemia

Por: Elite FM
Publicado em 06/11/2020

De janeiro a setembro, o Brasil exportou US$ 53,3 bilhões para a China, US$ 6,5 bilhões a mais do que no mesmo período de 2019. Logo nos primeiros meses de 2020, uma escalada de incertezas girou em torno dos efeitos econômicos que estariam reservados para as relações comerciais do Brasil com a China, primeiro epicentro da epidemia. Maior parceiro comercial do país e principal comprador das exportações brasileiras, os chineses já entraram janeiro com preocupações crescentes. A paralisação da atividade econômica levantou o temor de que a China pudesse frear suas compras, com risco potencial para o Brasil, que manda para lá quase 30% de suas exportações. Esse receio, entretanto, não se confirmou. Pelo contrário. A China está comprando tudo o que o Brasil produz. 60% da safra de verão, mesmo antes de ser plantada, já tinha sido vendida, principalmente para a China.


Fonte: Gazeta do Povo