Polo tecnológico do Sudoeste é um dos mais importantes do Estado - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Polo tecnológico do Sudoeste é um dos mais importantes do Estado

Por: Elite FM
Publicado em 22/10/2020
img
Parque Tecnológico de Pato Branco-Crédito Divulgação

Pato Branco ocupa a quarta posição no Estado. Muitos paranaenses desconhecem, mas a região Sudoeste é reconhecida como um dos mais relevantes polos de tecnologia do Estado. Esta condição foi alcançada por iniciativas adotadas no município de Pato Branco ainda na década de 1980 e que se espalharam para outras cidades, como Dois Vizinhos e Francisco Beltrão.Esta história de sucesso é contada em mais uma reportagem da série Feito no Paraná, que apresenta empresas e produtos paranaenses. “Nosso propósito é demonstrar aos paranaenses a riqueza produtiva do nosso Estado e valorizar o que é feito no Paraná”, destaca o governador Carlos Massa Ratinho Junior. Tudo começou com a criação do primeiro curso de Processamento de Dados em Pato Branco, há quase 35 anos. A formação de nível superior foi o pontapé inicial para tornar a cidade um dos maiores polos de tecnologia no Paraná e inspirou outros municípios a seguirem na mesma linha. De acordo com um estudo feito pelo Sebrae em 2019, que mapeou as startups paranaenses, o Paraná tem 1032 startups, sendo que 128 estão no Sudoeste do Estado. Pato Branco, Dois Vizinhos e Francisco Beltrão ocupam, respectivamente, a quarta, sétima e décima posição entre as cidades do Estado com mais empresas deste tipo. Enquanto Pato Branco e Dois Vizinhos concentram grande número de empreendimentos voltados à tecnologia na agricultura, as startups de Francisco Beltrão estão voltadas para a área de educação. Pato Branco tem hoje cerca de 100 empresas de tecnologia . Além de programas de computador e eletroeletrônicos, elas produzem componentes para automação e informática. O conjunto de empresas gera cerca de três mil empregos diretos e deve fechar o ano com faturamento na casa dos R$ 500 milhões. “Foi um processo e um planejamento que permitiram tornar Pato Branco uma referência neste setor”, conta Marcos Vinicius de Bortolli, secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação. Atualmente, o município conta com duas incubadoras: a Incubadora de Tecnologia da Pato Branco, com 22 empresas, e outras 10 empresas incubadas no Programa de Empreendedorismo e Inovação (PROEM) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).) 


Fonte: Jornal de Beltrão