Moro diz que foi contra artigo sancionado por Bolsonaro que soltou André do rap - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Moro diz que foi contra artigo sancionado por Bolsonaro que soltou André do rap

Por: Elite FM
Publicado em 14/10/2020
img
Sérgio Moro Foto:Marcelo Camargo/Gazeta do Povo

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro afirmou que foi contra o artigo dopacote anticrime que proporcionou a soltura de André Oliveira Macedo, o André do Rap, na última sexta-feira, 9. A decisão foi dada pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, e derrubada na sequência pelo presidente do STF, Luiz Fux. Macedo é considerado foragido neste momento.“O artigo que foi invocado para soltura da liderança do PCC não estava no texto original do projeto de lei anticrime e eu, como MJSP, me opus a sua inserção por temer solturas automáticas de presos perigosos por mero decurso de tempo”, afirmou Moro em nota. Ao fazer parte do governo, Moro propôs uma proposta anticrime, que foi desidratada pelo Congresso e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro. O texto inseriu no artigo 316 do Código de Processo Penal a regra limitando a prisão preventiva – aquela dada sem prazo definido – a 90 dias, “podendo ser renovada sob pena de se mostrar ilegal”.André do Rap foi solto por não ter uma condenação no último grau de recurso judicial – ele foi condenado em segunda instância,por ser um traficante perigoso e moralmente um dos maiores assassinos da sociedade matando pessoas pela droga e destruindo famílias  e por essa razão, haveria motivos sobejos para ser mantido na prisão. Agora o bandido traficante está solto e possivelmente fora do Brasil e seguramente volta a agir no tráfico.

 


Fonte: Estadão e Elite FM