Fator “Bolsonaro” torna imprevisível resultado do processo de escolha do reitor da UFPR - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Fator “Bolsonaro” torna imprevisível resultado do processo de escolha do reitor da UFPR

Por: Elite FM
Publicado em 24/09/2020
img
Prédio da UFPR, na Praça Santos Andrade, centro de Curitiba-Foto: André Rodrigues/Arquivo Gazeta do Povo

A nomeação do terceiro colocado na lista tríplice para a reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) na semana passada, pelo presidente Jair Bolsonaro aumentou a incerteza sobre quem será o próximo reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), apesar de o atual reitor, Ricardo Marcelo Fonseca ter vencido a consulta pública realizada pela comunidade universitária com 83% dos votos. Essa consulta não tem nenhum valor legal.  Como a prerrogativa de escolha dos reitores é do presidente da República, o professor Horácio Tertuliano Filho, segundo colocado na consulta, mantém sua candidatura, na expectativa de indicação do presidente, com quem é bastante alinhado. Há um parecer do MEC (Ministério da Educação) de que a lista pode ter só dois nomes. Mas a Casa Civil, que é quem ratifica a nomeação, exige uma lista tríplice. Ricardo Marcelo Fonseca ponderou que, se a orientação for por uma lista tríplice, o Conselho precisará abrir novas inscrições. O professor Horácio Tertuliano Filho, segundo colocado na consulta, mantém sua candidatura com a vantagem de ser bastante alinhado com o governo Bolsonaro, que tem a prerrogativa de escolher qualquer um da lista trípice. Bolsonaro já declarou várias vezes que pretende despetizar as reitorias da universidades federais. Até agora de 25 indicações para reitores, 14 não lideravam a lista tríplice. Houve até universidades que forjaram escolhas para manter reitores afinados com a esquerda. 


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm