Procon cobra políticas públicas para conter abusos nos preços dos alimentos - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Procon cobra políticas públicas para conter abusos nos preços dos alimentos

Por: Elite FM
Publicado em 20/09/2020
img
A secretaria Nacional do Cosnumidor recebeu reclamações sobre supostos aumento abusivo de preços- Foto-Marcelo Cmargo-Agência Brasil

A Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon de Pato Branco, o Procon-PR e vários Procons municipais do Estado enviaram, nesta semana, ofícios à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), em Brasília, cobrando medidas contra o aumento de itens da cesta básica em todo o país. A diretora da Coordenadoria do Procon de Pato Branco, Alessandra Botelho Elias dos Santos, explicou que em contato com os demais Procons, via videoconferência, soube que os ofícios encaminhados ganharam mais força e expuseram a imediata necessidade de intervenção do poder público, em especial dos Ministérios da Justiça, da Economia e da Agricultura, para a contenção dos frequentes aumentos que os alimentos que fazem parte da cesta básica estão tendo, prejudicando a saúde financeira do consumidor.“Essa situação vem ocorrendo no país todo, e entendemos que ocorre por dois fatores: o primeiro, é o auxílio emergencial do Governo Federal que capitalizou a população que se encontra desempregada, e como esse valor está sendo investido na alimentação, aumenta a demanda no mercado. O segundo fator é alta do dólar, que provoca a exportação, podendo causar a escassez desses produtos no mercado nacional”, revelou. O Procon não pode influir nos preços, mas sim conter abusos. Além disso, Alessandra salientou que o Procon de Pato Branco, como medida regional, estará oficiando também a Associação Paranaense dos Supermercados (APRAS) requerendo informações quanto à alta dos preços dos itens da cesta básica. O consumidor também pode encaminhar denúncias através do e-mail: proconpatobranco01@gmail.com


Fonte: Diário do Sudoeste