Justiça brasileira custa R$ 100 bilhões ao ano: para onde vai esse dinheiro? - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Justiça brasileira custa R$ 100 bilhões ao ano: para onde vai esse dinheiro?

Por: Elite FM
Publicado em 28/08/2020
img
Edifício sede do STJ, em Brasília: custo da Justiça brasileira atingiu o maior patamar da história. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Gazeta do Povo

O custo da Justiça brasileira chegou à marca recorde de R$ 100,2 bilhões durante o ano passado, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça. Em comparação com o ano anterior, esse valor representa um aumento de 2,6%. Em valores absolutos, a Justiça brasileira foi R$ 6,5 bilhões mais cara em 2019 em relação a 2018. Os gastos da Justiça brasileira variaram 25% nos últimos cinco anos, saindo de R$ 79,2 bilhões em 2015 para R$ 84,8 bilhões no ano seguinte e R$ 90,8 bilhões em 2017. Ao se contabilizar o custo por habitante, o CNJ destaca que houve elevação destes valores de R$ 351,52 em 2009 para R$ 479,16 no ano passado. Em 2019, a fatura do Judiciário brasileiro equivalia a 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Nos Estados Unidos, o Poder Judiciário custa em torno de 0,15% do PIB; na Itália, 0,19% e na Alemanha, 0,32%. Em média, as despesas judiciárias nos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) chegam a 0,5% do PIB. No Brasil ,a justiça custa 3 vezes mais que EUA, Alemanha e Itália. Em média, apesar do custo total de R$ 100 bilhões, hoje os tribunais brasileiros ainda detêm 77,1 milhões de processos em tramitação, aguardando julgamento ou recursos. Muitos processos perdem prazos e nada acontece com  os acusados, especialmente quando existem envolvidos de colarinho branco. Além do mais a justiça brasileira, tarda e falha, o que até os piores bandidos dizem que o crime compensa porque não há punição exemplar.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm