O que se sabe sobre desvio milionário de doações no Santuário Divino Pai Eterno - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O que se sabe sobre desvio milionário de doações no Santuário Divino Pai Eterno

Por: Elite FM
Publicado em 28/08/2020
img
Padre Robson é investigado pelo Ministério Público de Goiás pelo suposto desvio de R$ 120 milhões em doações de fiéis.-Foto: Divulgação/CNBB/Gazeta do Povo

Corrupção campeia também com integrantes da Igreja Católica.Um dos religiosos mais populares da Igreja Católica no Brasil, o padre Robson de Oliveira Pereira, reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO), até semana passada, foi proibido temporariamente de realizar celebrações. Ele é investigado pelo Ministério Público de Goiás pelo suposto desvio de R$ 120 milhões em doações de fiéis. O dinheiro teria sido usado na aquisição de imóveis, entre os quais uma fazenda de R$ 6 milhões em Abadiânia (GO), e uma casa de praia, no valor de R$ 3 milhões, em Guarajuba, na Bahia. Os promotores apuram os crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, apropriação indébita, falsificação de documentos e sonegação fiscal. Por causa das acusações, padre Robson já havia sido afastado da reitoria do santuário e da presidência da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), responsável pela gestão das doações para construção do novo santuário do Divino Pai Eterno. O padre tem 3,9 milhões de seguidores somente no Facebook. Em comunicado, a Arquidiocese informou que a Afipe irá contratar uma "empresa idônea de auditoria externa, no sentido de ser realizada ampla e profunda apuração de documentos e dados" relativos à associação alvo de investigação.


Fonte: Gazeta do Povo