No Sudoeste, 5% dos casos de Covid-19 atingem crianças - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

No Sudoeste, 5% dos casos de Covid-19 atingem crianças

Por: Elite FM
Publicado em 18/08/2020
img
Síndrome provocada pela Covid-19 em crianças não é a de Kawasaki (Foto: Pexels)/https://revistagalileu.globo.com/Ciencia

Segundo especialistas, a doença nas crianças raramente evolui para quadros graves; fator assintomático é sinal de alerta para aumento da transmissão do vírus. Dados da Secretaria do Estado da Saúde (Sesa) apontam que 5% dos casos positivos de Covid-19 na região Sudoeste do Paraná são em crianças. Os números, levantados pelo Jornal de Beltrão (JdeB), são do dia 12 de agosto, quando 186 crianças de até 12 anos já haviam testado positivo para a doença. Embora o número represente que a cada 18 casos um seja em criança, não há óbitos registrados na região. Segundo especialistas, este fator assintomático preocupa, já que os menores podem se tornar transmissores da doença, sem saber, o que seria um problema em caso de retorno às aulas, cuja decisão está repleta de interrogações e a maioria das pessoas considera uma decisão delicada. Segundo o levantamento, até o dia 12 de agosto, das 42 cidades da região, 25 tinham casos confirmados em crianças. O município com maior volume de crianças infectadas era Capanema, com 41 casos, seguido de Francisco Beltrão, com 32, e Pato Branco, com 31. Entre as faixas etárias, a maioria, 25 casos, eram em crianças de 2 anos, 24 em crianças com 9 anos e 19 em crianças com 5 anos. Quando olhado o gênero, as meninas representavam a maioria, 53,7%. Segundo o secretário de Saúde, de Beltrão, Manoel Brezolin, o que se observa é que as crianças estão contraindo o vírus dentro das próprias casas e circulando em mercados, o que aumenta a necessidade de proteção nesses ambientes. De forma geral, os sintomas apresentados por crianças são febre, tosse, coriza e dor de garganta. Nas formas sintomáticas, o quadro clínico mais comum é da síndrome gripal. Ou seja: sintomas respiratórios agudos e muito semelhantes aos causados por outros vírus da gripe. Na Covid-19, as alterações do olfato e do paladar, assim como diarreia, também são observadas. 


Fonte: Jornal de Beltrão