Deslumbramento estéril dos nossos artistas nesta pandemia - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Deslumbramento estéril dos nossos artistas nesta pandemia

Por: Elite FM
Publicado em 14/08/2020

Até mesmo artistas da Velha Guarda e da cultura “semialta”, sempre que viram notícia, é por algo que não tem nada a ver com seu trabalho.Chico Buarque assinou pedido de impeachment. Fernanda Montenegro diz temer o fascismo. Caetano Veloso estacionou seu carro no Leblon. O maior exemplo disso é o sucesso da live recente de Caetano Veloso, na qual ele cantou músicas que aprendi a admirar em intermináveis aulas de semiótica nos corredores da Universidade Federal do Paraná. Nada contra. O artista não está nem aí para o público, está completamente alheio à realidade, que antigamente lhe servia de inspiração, o artista hoje é, mais do que nunca, uma personalidade que se vende, e não um realizador. Inacreditável, por exemplo, não termos uma grande música sobre a pandemia de coronavírus – uma tragédia que, até aqui, afetou a vida em 98% dos municípios brasileiros. Um drama que vai muito além da questão sanitária ou política, que custou a vida de mais de 100 mil pessoas até aqui, que fez todo mundo repensar um pouquinho a vida, que mudou até mesmo como as pessoas se relacionam romanticamente. Todavia os artistas, mesmo com a “comemoração de certa imprensa” pelos 100 mil mortos, não tiveram a inspiração para criar algo para este sofrimento da pandemia.


Fonte: Paulo Polzonoff Jr.Gazeta do Povo