Sanepar está próxima a alcançar o índice de universalização de 85% em esgotamento sanitário - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Sanepar está próxima a alcançar o índice de universalização de 85% em esgotamento sanitário

Por: Elite FM
Publicado em 12/08/2020
img
Projeto contribui para preservar área do rio Pato Branco que abastece a cidade-Foto Sanepar

A assessoria da Sanepar divulgou que com os investimentos programados para os próximos anos, “a Sanepar está muito próxima de alcançar o índice de universalização de 85% preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). As maiores cidades do Paraná se destacam com os indicadores de esgotamento sanitário, como é o caso da capital Curitiba (96%), de Maringá e Cascavel (acima de 98%), Londrina (94%), Ponta Grossa (91%), Pato Branco (81,29%), Francisco Beltrão (77%) e Guarapuava (82%).Em 25 de junho, o Senado Federal aprovou o novo marco legal do saneamento básico, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro em 15 de julho. Entre os objetivos da nova lei estão a universalização do saneamento, que prevê a coleta de esgoto para 90% da população brasileira, que hoje atende menos de 75%, segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento; e fornecimento de água potável para 99% da população até o fim de 2033.De acordo com o Sistema Nacional, atualmente 35 milhões de pessoas não têm acesso à água tratada e 104 milhões não contam com serviços de coleta de esgoto no Brasil. Com o marco legal, o Ministério da Economia projeta que sejam feitos mais de R$ 700 bilhões em investimentos e gerados, em média, 700 mil empregos no país nos próximos 14 anos.De acordo com a pesquisa do IBGE, apenas em 11 das 27 unidades da federação mais da metade dos municípios possui rede coletora de esgoto, sendo que o estado que mais conta com essa infraestrutura é São Paulo (100%) e o que menos conta é o Maranhão (6,5%).Em  Pato Branco,  há vários anos também está atuando na proteção da mata ciliar em riachos que se unem ao rio Pato Branco, que é o manancial que fornece água para a cidade. 


Fonte: Diário do Sudoeste e Elite FM