Vacina chinesa contra o coronavírus começa a ser testada em Curitiba - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Vacina chinesa contra o coronavírus começa a ser testada em Curitiba

Por: Elite FM
Publicado em 12/08/2020
img
Diretor-do-instituto-butantan-defende-confiabilidade-de-vacina-chinesa/Tribunaonline.com.br/ (Foto: Divulgação)

Os 10 primeiros voluntários credenciados pelo Hospital de Clínicas de Curitiba para participação na pesquisa com a vacina chinesa para o coronavírus produzida pelo laboratório Sinovac receberam, na sexta-feira,7 a primeira dose da vacina (para cinco deles – outros cinco receberam placebo). O HC é um dos 12 centros de saúde brasileiros envolvidos na terceira fase da pesquisa com a vacina, conduzida pelo Instituto Butantan, que avaliará a segurança e a eficácia da vacina. A aplicação foi acompanhada por uma auditoria externa, que analisará os processos e toda a documentação para autorizar, a partir do dia 11,segundo estimativas do hospital, a aplicação nos 852 participantes do estudo no Paraná. Todos receberão duas doses em um intervalo de duas semanas (de vacina ou placebo), serão monitorados regularmente, e terão o quadro final analisado após um ano, para se comparar os grupos e se atestar ou não a eficácia da vacina. Por isso, o estudo busca testar a vacina em profissionais de saúde da linha de frente do enfrentamento à Covid-19, o grupo de pessoas com maior risco de exposição ao vírus. Segundo a pesquisadora responsável pelo estudo no HC, Sonia Raboni, a situação de pandemia pode antecipar algumas análises para apressar o registro da vacina e sua distribuição, caso haja confirmação da segurança e evidência da eficácia da vacina. “Com a inclusão até setembro de todos os participantes nos 12 centros que estão estudando a vacina, poderemos ter, em outubro, uma análise importante sobre sua segurança, o que poderá agilizar seu registro e posterior distribuição”, comentou.


Fonte: Gazeta do Povo