Foro de S. Paulo, 30 anos: que importância os políticos do país dão à organização de esquerda - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Foro de S. Paulo, 30 anos: que importância os políticos do país dão à organização de esquerda

Por: Elite FM
Publicado em 11/08/2020
img
"O ex-presidente Lula na reunião de fundação do Foro de São Paulo, há 30 anos.| Foto: Arquivo Foro de São Paulo/www.gazetadopovo.com.

Esse esquerdismo “foi escondido pela mídia nacional durante 16 anos, foi a maior fraude jornalística da história humana”diz o escritor Olavo de Carvalho. O Foro de São Paulo, agrupamento de partidos de esquerda da América Latina, celebrou 30 anos em uma live, no último dia 28 de julho, com a presença de representantes do PT e dos governos ditatoriais de Cuba, Venezuela e Nicarágua. A transmissão gerou pouca repercussão mesmo no PT, PC do B e PSB. O escritor Olavo de Carvalho define o grupo com o "inimigo número 1" do Brasil e diz que sua influência foi mascarada durante anos. "O Foro de São Paulo foi escondido pela mídia nacional durante 16 anos, foi a maior fraude jornalística da história humana", disse Olavo em entrevista à BBC Brasil em maio. O Foro de S.Paulo nunca produziu nada de positivo a não ser ideologias comunistas retrógradas, além de ser alvo de uma CPI. O senador Alvaro Dias (Podemos-PR) é outro que desmerece a importância do Foro. Para ele, o grupo "fracassou" e "não assusta o Brasil". "É um grupo que está em franca decadência. Foi derrotado por conta de suas ideias, por ter implantado um populismo desbragado, com uma gestão precária, consagradamente incompetente e que praticou o abuso da corrupção", afirma. O exemplo mais claro do fracasso do Foro de S.Paulo é a Venezuela, um país, cujo povo não tem o que comer e Maduro se mantém no poder subornando as forças armadas, demonstrando claramente que o esquerdismo do Foro de S.Paulo nada produz para o bem do povo, a não ser uma utopia de poder demagógico mantendo o povo subjugado. Mirem-se na Venezuela ou Cuba. 


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm