O que a produção de papelão nos diz sobre a recuperação econômica brasileira - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O que a produção de papelão nos diz sobre a recuperação econômica brasileira

Por: Elite FM
Publicado em 26/07/2020
img
Imagem:https://www.gazetadopovo.com.br/vozes/cristina-graeml/Yotube

Se você, como eu, não é economista ou empresário talvez tenha estranhado a frase do título, mas o desempenho da indústria do papelão é um dos principais indicadores econômicos. Sempre que quiser saber como está a produção industrial de um país, que é a base das maiores economias do mundo, olhe para os números das fábricas de papelão. Por que isso é importante? Papelão é a matéria-prima das indústrias de embalagens. E embalagem, como o próprio nome diz, é o que embala os produtos. Quando uma economia está em crise, a produção cai. Produção de tudo, de alimentos – já que os agricultores ficam sem dinheiro para investir em sementes e máquinas, por exemplo - às das indústrias automobilística, ferroviária, náutica e aeronáutica, responsáveis pela fabricação dos veículos que transportam as cargas dos locais de produção até os pontos de venda acessíveis ao consumidor. Quando se produz menos (de tudo), a produção de papelão para fabricação de embalagens também é menor, porque não há tanto o que embalar. Já o contrário também ocorre: quando há crescimento econômico, com fábricas aumentando a produção e precisando de mais embalagens, a produção de papelão, por óbvio, cresce junto. Não só cresce, como aparece - antes mesmo de aparecerem os números positivos dos demais setores. As informações contidas na reportagem são inspiradoras, não só porque trazem sinais claros de recuperação após a crise econômica provocada pela pandemia, mas porque revelam o ânimo dos empresários e industriais em retomar o caminho virtuoso que vinham perseguindo desde que o país se libertou de governantes economicamente "criativos" para mascarar o saque ao Estado. 


Fonte: Cristina Graeml-Gazeta do Povo