O homeschooling pode mesmo provocar a falência de escolas e o desemprego de professores? - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O homeschooling pode mesmo provocar a falência de escolas e o desemprego de professores?

Por: Elite FM
Publicado em 22/07/2020
img
Homeschooling é cercado por mitos. Um deles é o do fechamento de escolas-Foto: Bigstock

O risco de falência das escolas privadas, com o consequente desemprego em massa dos professores, costuma ser o cenário apocalíptico usado para assustar parlamentares que pouco ou nada sabem sobre homeschooling. Esse filme de terror, contudo, não resiste a dois minutos de conversa honesta e estatística. Em nenhum dos mais de 60 países onde o ensino domiciliar legalizado houve qualquer consequência catastrófica para os trabalhadores ou empresários do setor educacional, pois o ensino domiciliar, com ou sem lei, sempre é a opção de uma minoria que, embora importantíssima para os que se importam com direitos humanos, é irrelevante para cálculos financeiros. Os Estados Unidos são hoje o país com a maior quantidade de estudantes na modalidade de ensino domiciliar, chegando a 2,3 milhões, mas são apenas 0,7% da população. No Canadá apenas 1,5%, a mesma também no Reino Unido, na Austrália, 0,6%. O Brasil tem em torno de 15 mil estudantes que aprendem em casa, com os pais ou tutores, mas o fato é que muitas preferem não responder a nenhum questionário sobre o tema, já que não há lei que as proteja. O número real, portanto, é incerto, mas não nem 1%. Diante dessas amostras, fica evidente o quão fantasioso é o receio de que a legalização do ensino domiciliar no Brasil possa provocar o desemprego da classe docente ou fechamento de escolas particulares. 


Fonte: Gazeta do Povo