O vídeo de Felipe Neto publicado pelo New York Times pode ser criticado por sua falta de compromisso com a verdade. - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O vídeo de Felipe Neto publicado pelo New York Times pode ser criticado por sua falta de compromisso com a verdade.

Por: Elite FM
Publicado em 21/07/2020
img
Vídeo de Felipe Neto veiculado pelo New York Times foi roteirizado e dirigido por Alessandra Orofino, fundadora de uma rede de ativismo com viés esquerdista chamada Nossas. Foto: Reprodução/Gazeta do Povo

 Embora revele uma habilidade do ativismo de esquerda brasileiro: a de forjar como quer a imagem do Brasil no exterior, aproveita-se de uma rede de relações que envolve mídia, mundo acadêmico e ONGs. Uma das iniciativas dessa rede é o movimento #MeRepresenta, com a ideologia de gênero e a legalização do aborto e da maconha. A mensagem principal foi semelhante à do vídeo de Felipe Neto: “Seu comportamento, mesmo sob a perspectiva dos Estados Unidos de Trump, é bizarro”, dizia o texto. No começo de 2020, o ativismo de esquerda quase levou o país a ganhar seu primeiro Oscar, com um documentário que apresentava uma versão enviesada da história recente do Brasil. Os principais jornais do mundo, como The New York Times, dos EUA, The Guardian, do Reino Unido, Le Monde, da França, e El País, da Espanha, deram grande destaque ao assunto, que foi massivamente replicado por veículos do mundo todo, mas sempre distorcendo a realidade, fazendo da Amazônia uma terra dizimada pelo fogo. Bolsonaro montou o Conselho da Amazônia, sob o comando do vice-presidente da República, Hamilton Mourão com o objetivo de demonstrar a realidade da Amazônia. Mourão ressaltou que o número maior de queimadas se dá em áreas já cultivadas, cujo desmatamento ocorreu há vários anos. O Conselho da Amazônia já se reuniu com ministros e investidores estrangeiros para restabelecer a verdade sobre a Amazônia, muito longe do que propagam os esquerdistas. A Europa destruiu suas florestas e a esquerda não viu nada de anormal. Quem acompanha a história com criticidade observa que a esquerda nunca produziu nada de positivo para o mundo, apenas críticas àqueles  que contrariam suas convicções. 


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm