O que pode ser cortado no Congresso - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O que pode ser cortado no Congresso

Por: Elite FM
Publicado em 29/05/2020

O Congresso Nacional tem um custo de R$ 30 milhões por dia,ou seja R$ 1,25 milhão por hora. O valor inclui a manutenção do espaço, a remuneração dos funcionários, despesas extras e também o salário dos parlamentares, que atualmente é de R$ 33.763 – tanto para senadores quanto para deputados federais. Os congressistas ainda dispõem de verbas para a contratação de funcionários e da cota parlamentar, o chamado "cotão", que é uma quantia para uso em despesas como aluguel de carros, manutenção de escritório, contratação de consultorias e assinatura de jornais, entre outros serviços. Parte expressiva do "cotão" é destinado à compra de passagens aéreas. O sucesso das sessões virtuais é um dos componentes que mais explica a diminuição nas despesas de deputados e senadores nas últimas semanas. Afinal, as viagens a Brasília se mostram menos necessárias, o que agrada a alguns parlamentares. A pandemia pode criar um novo parâmetro nas atividades do Congresso.”Realmente é faraônica" a estrutura da Câmara” revela  o deputado Giovani Cherini (PL-RS).Revela ainda que as comissões da Câmara são ambientes de pouca produtividade. Um deputado chegou dizer  que é folclore o gasto do Congresso e que por lei o dinheiro do Congresso é do Congresso, quando na realidade  é dinheiro do povo que precisa ser gasto  para o país e não para manter mordomias absurdas. Se o Congresso fosse eficiente, o Brasil não seria o campeão mundial em corrupção, aliás, um terço do Congresso está envolvido em denúncias. 


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm