Com personagens do Sudoeste Sebrae/PR realizou 78 mil atendimentos desde o início da crise do coronavírus - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Com personagens do Sudoeste Sebrae/PR realizou 78 mil atendimentos desde o início da crise do coronavírus

Por: Elite FM
Publicado em 18/05/2020
img
Legenda: Dayana Andrade e Leonardo Volkweis, de Barracão, contaram com orientações do Sebrae/PR para reorganizar a empresa-Foto:Divulgação

 O Sebrae/PR registrou um aumento de 807% no número de atendimentos, desde que o trabalho se tornou 100% digital, em 23 de março, devido à crise do coronavírus. Até o dia 7 de maio foram 78.254 atendimentos, incluindo consultorias, cursos, orientações e informações em todo o Estado. Foram 62.796 nas regionais da instituição e 15.548 na Central de Relacionamento, sendo metade deles pelo WhatsApp (7.841). Vania Paula Cruz, gerente da Unidade de Atendimento e Relacionamento do Sebrae/PR, explica que a procura pelos canais digitais, demonstra uma tendência na maneira dos empresários realizarem negócios. A busca por canais digitais provocada pela pandemia representa uma oportunidade para a digitalização dos negócios. São novas tendências no modelo de funcionamento, até mesmo na hora de se relacionar com os seus clientes”, explica. Na região sudoeste do Estado, os empresários Dayana Andrade e Leonardo Volkweis são donos da Germann Instrumentos Musicais, com matriz em Barracão, na fronteira com a Argentina, e uma filial em Pato Branco, aberta em outubro do ano passado. Quando o isolamento social foi decretado, a passagem entre os dois países foi fechada, impedindo o acesso de boa parte dos clientes da empresa, argentinos. Dayana e o marido Leonardo mudaram também a forma de vender. O atendimento digital ganhou importância, com canais nas redes sociais, reforço no market place e WhatsApp. Apesar de o faturamento da loja de Barracão ter caído, as vendas em Pato Branco colaboraram para o equilíbrio financeiro dos empreendimentos. “O Sebrae salvou nossa empresa. Somos poucos, mas as famílias que dependem dos salários estão garantidas. Conseguimos direcionar e melhorar nossas perspectivas, sem precisar de financiamento”, declarou  Dayana. 


Fonte: Assessoria:Antônio Menegatti