Combinação explosiva”: setor automotivo tem pátios cheios, lojas vazias… e preços em alta - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Combinação explosiva”: setor automotivo tem pátios cheios, lojas vazias… e preços em alta

Por: Elite FM
Publicado em 17/05/2020
img
Fábrica da Volkswagen: montadora alemã retoma as atividades na semana que vem-Foto: Divulgação/Volkswagen/Gazeta do Povo

O novo coronavírus fez a indústria automobilística brasileira levar um tombo inédito. Desde que o setor se instalou no país, no final dos anos 1950, não havia um mês de abril com produção tão baixa como o de 2020. Números divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) revelam que a produção do mês passado, de 1.847 veículos, foi 99% menor que a de março. Em relação a abril de 2019, a queda foi de 99,4%.Dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM), do IBGE, referentes a março já apontavam que o setor seria um dos mais penalizados pela crise. O indicador mostrou que, como um todo, a indústria brasileira teve queda de 9,1% na produção em relação ao mês anterior. No mesmo período, a fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias caiu mais que o triplo: 28%. Mesmo com produção em baixa, pátios estão abarrotados. Na outra ponta, a do consumidor, há concessionárias fechadas e clientes receosos. Resultado: pátios repletos de veículos novos à espera de um comprador. Segundo a Anfavea, na virada do mês havia 237 mil unidades paradas em fábricas e concessionárias – o suficiente para quatro meses de venda, se o ritmo continuar como está. As pessoas estão preocupadas com as suas necessidades básicas de sobrevivência. É claro que, em um momento como esse, ninguém está usando seu poder de compra em carros ou motos. Além disso muitos  dos que compraram carro novo ou usado através de financiamento não estão conseguindo pagar as prestações e  terão que devolver o veículo, o que vai aumentar a oferta no mercado de seminovos. Sabe-se também que os veículos novos no  Brasil  têm um preço dos mais caros do mundo e  cita-se como exemplo o valor de um popular brasileiro que equivale a um muito melhor nos EUA.E a explicação  do carro brasileiro ser mais caro seria  porque o brasileiro está disposto a pagar o sobrepreço.