Prefeitura de Pato Branco cria sistema de atendimento à população para evitar filas e facilitar o saque ao Auxílio Emergencial - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Prefeitura de Pato Branco cria sistema de atendimento à população para evitar filas e facilitar o saque ao Auxílio Emergencial

Por: Elite FM
Publicado em 10/05/2020
img
Foto: Rodinei Santos/Prefeitura de Pato Branco

A estrutura de atendimento já está disponível. Com o intuito de evitar aglomerações e prestar apoio aos cidadãos que buscam informações sobre os saques do programa federal Auxílio Emergencial, a Prefeitura de Pato Branco, através das secretarias municipais de Ciência, Tecnologia e Inovação; Esporte e Lazer e, Assistência Social, está disponibilizando uma equipe, localizada em frente à Caixa Econômica Federal, para orientar sobre as dúvidas a respeito dos procedimentos para saque e diminuir as filas. De acordo com o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Géri Natalino Dutra, ao chegar ao local, o usuário tem a possibilidade de fazer a checagem com as equipes, através do aplicativo para verificar a situação cadastral de cada um. “Percebendo a dificuldade que as pessoas estavam encontrando em fazer o saque, organizamos essa estrutura para verificamos se a pessoas têm direito ao benefício, se o processo está preenchido corretamente e, se o mesmo já está disponível para saque imediato, além disso, também estamos fazendo as cópias dos documentos exigidos para a retirada do dinheiro.” Declarou Géri. A estrutura está disponível das 8h às 14h e ficará no local até que seja necessário e para facilitar ainda mais o processo, a Caixa Econômica Federal disponibilizou alguns funcionários junto às equipes da Prefeitura Municipal. Após a constatação de que o saque está disponível, é gerado um código para que o beneficiado possa fazer a retirada do dinheiro no caixa eletrônico ou na lotérica. A Caixa demora para fazer a triagem porque mais de 35 milhões de pessoas entraram com o pedido sem  preencher as condições e houve perda de tempo para análise. O aplicativo disponibilizado para o cadastro deve ser usado pelos trabalhadores que forem Microempreendedores Individuais (MEIs), trabalhadores informais sem registro e contribuintes individuais do INSS. Aqueles que já recebem o Bolsa Família, ou que estão inscritos no Cadastro Único, não precisam se inscrever pelo aplicativo. O pagamento será feito automaticamente, após a geração do código. 


Fonte: Assessoria:Departamento de Imprensa do Município de Pato Branco