Servidor de carreira e pastor evangélico, novo ministro da Justiça tem bom trânsito no STF - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Servidor de carreira e pastor evangélico, novo ministro da Justiça tem bom trânsito no STF

Por: Elite FM
Publicado em 30/04/2020
img
Advogado André Mendonça é o novo ministro da Justiça e Segurança Pública no lugar de Sergio Moro.| Foto: Nelson Jr/Ascom/STF/Gazeta do Povo

Nomeado novo ministro da Justiça e Segurança Pública, o advogado André Mendonça, de 46 anos, tem uma longa carreira como servidor público e bom trânsito no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele vai substituir o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro. Mendonça era o advogado-geral da União desde o início do governo Jair Bolsonaro, cargo com status de ministro. André Mendonça tem acesso e interlocução com ministros da Suprema Corte, e é visto pelo governo como alguém que pode construir pontes junto aos juízes do STF. Natural de Santos. Em tese de doutorado,na Espanha apresentou a tese sobre recuperação de ativos desviados pela corrupção e foi premiado pela instituição de ensino por sua excelência. Entre 2015 e 2016, foi pesquisador e professor visitante na Universidade de Stetson, nos Estados Unidos. Atualmente, dá aulas nos programas de doutorado da Universidade de Salamanca e publicou vários livros.No comando da AGU  defendeu  a constitucionalidade da prisão a partir de condenação em segunda instância. Pastor na Igreja Presbiteriana Esperança, em Brasília, André Mendonça também é cotado para ocupar uma das duas vagas que serão abertas no Supremo Tribunal Federal até 2022 e que serão indicadas pelo presidente Jair Bolsonaro. O novo ministro da Justiça e Segurança Pública afirmou, no Twitter, que seu trabalho na pasta será técnico. Ele terá a difícil missão de substituir o ex-juiz Sergio Moro, que deixou o comando do ministério com aprovação "ótimo ou bom" de 64% dos brasileiros. E sabe-se que 99% dos brasileiros consideram a corrupção como o pior problema a ser resolvido e os corruptos,ladrões do dinheiro público são os maiores assassinos da sociedade.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm