Crise forçará ao menos 500 grandes empresas a se reestruturar, prevê consultor - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Crise forçará ao menos 500 grandes empresas a se reestruturar, prevê consultor

Por: Elite FM
Publicado em 29/04/2020
img
Usinas de açúcar e álcool estão entre as empresas mais afetadas pela crise, diz consultor. Foto: Fábio Dias/Arquivo/Gazeta do Povo

À frente de 120 reestruturações corporativas e da renegociação de R$ 180 bilhões em dívidas nos últimos dez anos, Ricardo Knoepfelmacher, sócio da consultoria RK Partners, calcula que ao menos 500 grandes empresas brasileiras – com faturamento acima de R$ 500 milhões – terão de se reestruturar em decorrência da crise do coronavírus. "Não descarto que, dessas 500, uma centena tenha pedidos de recuperação judicial", disse. Os setores mais afetados, diz, são aviação, entretenimento, restaurantes, turismo e hotelaria. E, num segundo grupo, empresas de óleo e gás e de açúcar e álcool. O presidente Jair Bolsonaro afirmou que avalia uma nova negociação da Embraer. A Boeing desistiu de realizar o negócio de US$ 4,2 bilhões fechado em julho de 2018 com a empresa brasileira, por enfrentar dificuldades durante a pandemia do novo coronavírus que afetou o setor aéreo. Em nota, a Boeing disse que exerceu seu direito de rescindir (o contrato) após a Embraer não ter atendido as condições necessárias. Bolsonaro, ao ser questionado na saída do Palácio da Alvorada, falou sobre a possibilidade de novos compradores. "Se o negócio [com a Boeing] realmente for desfeito, talvez se recomece uma nova negociação com outra empresa", disse. ”Sem dúvida, a Covid 19 vai marcar uma nova era para as empresas do mundo todo e alertar os governos de que a principal responsabilidade da aplicação dos recursos públicos é investir em infraestrutura a partir da educação, e em todas as áreas que permitam  criar bases para empregos e renda e com a educação as pessoas saberão encontrar seu nicho de atividade.Será o fim dos governos populistas, que no Brasil provam como essa tendência deu tudo errado e os governantes se viram  nus diante de uma realidade totalmente falha em infraestruras.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm