Governo Bolsonaro tenta iniciar “era pós-Moro” com imagem de união entre ministros - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Governo Bolsonaro tenta iniciar “era pós-Moro” com imagem de união entre ministros

Por: Elite FM
Publicado em 28/04/2020
img
O presidente da República, Jair Bolsonaro, faz Pronunciamento no Palácio do Planalto ao lado de ministros-Foto: Marcello Casal Jr /Agência Brasil/Gazeta do Povo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez seu discurso em resposta ao ex-ministro Sergio Moro, ladeado do primeiro escalão de seu governo. A presença da cúpula da gestão ao lado de Bolsonaro foi um indicativo da mensagem que o presidente e sua equipe procurarão passar nas próximas semanas. A ideia é de sugerir aliança entre os diferentes segmentos do governo, que passou por duas baixas recentes. Antes de Moro, a última exoneração havia sido a de Luiz Henrique Mandetta, que comandava a Saúde, e caiu no dia 6. Nos dois casos, a queda dos ministros arranhou a imagem do presidente. Moro acumulava índices de popularidade superiores ao de Bolsonaro, que se explicavam também pela sua atuação como juiz da operação Lava Jato, em que trabalhou até aceitar o convite de integrar o governo. O pronunciamento desta sexta não estava na agenda de Bolsonaro e nem dos demais ministros. Acabou incluído posteriormente na relação de compromissos do presidente, como "coletiva à imprensa", ainda que não tenha incluído perguntas dos jornalistas. A ministra Damares Alves do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, declarou: "Vamos trabalhar. Nós estamos no meio de uma pandemia. Vamos cuidar do nosso povo. Temos muita coisa pra fazer. Justamente hoje que nós íamos anunciar para o Brasil, eu, o ministro Onyx, e o ministro da Saúde, o ministro Nelson, todas as ações para a população idosa, a gente não pôde anunciar porque tinha o pronunciamento do presidente. Mas acompanhem o nosso trabalho, nos nossos sites, no site dos ministérios, vejam quanta coisa nós estamos fazendo para a população idosa. Presidente Bolsonaro, fique firme. Estamos todo mundo junto com o senhor. Vamos trabalhar, cuidar do nosso país", afirmou Alves, em vídeo postado por ela nas redes sociais.


Fonte: Gazeta do Povo