Arqueóloga Joana Freitas diz que a segunda epidemia será económica - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Arqueóloga Joana Freitas diz que a segunda epidemia será económica

Por: Elite FM
Publicado em 21/04/2020

Todos sabemos que momentos como os que vivemos são devastadores a vários níveis. Em tempos de guerra, como se costuma dizer, enterraram-se os mortos e cuidam-se os vivos. No entanto, a arqueóloga Joana Freitas alerta que depois da nuvem de pó assentar, "teremos que lidar com a epidemia econômica, com a recessão e empobrecimento. Todos os momentos são de alteração de políticas como nos foram ensinando outros eventos históricos”. Joana Freitas refere que ainda é muito cedo para se saber exatamente quais serão as consequências mas não duvida que elas vão existir. "As crises econômicas moldam sociedades. Em 2008 o mundo empobreceu de maneira geral. Muitos ocidentais ainda hoje vivem nas consequências dessa crise. O mundo do trabalho tornou-se inseguro, precário. As gerações jovens viram-se sem grandes possibilidades de ter uma vida que não fosse dependente dos pais. É neste momento que a ciência avança e se dá valor à criação e melhoramento de sistemas públicos de saúde. Este gênero de acontecimentos são propícios a uma onda de solidariedade e união iniciais. Há uma preocupação global. Depois há separações quando a cooperação for ao nível económico. Temos o exemplo da união europeia e veremos como ela vai lidar com todo este caso, porque ou realmente revela coesão ou então irá sofrer muitas fissuras.


Fonte: Joana Freitas- arqueologia pela Universidade do Porto e pela Universidade Autónoma de Barcelona